A importância de expandir fora das grandes metrópoles

Por Alex Quezada, diretor de expansão e novos negócios da 5àsec

  

       

Sabemos que implantar uma unidade em todas as capitais brasileiras é a principal meta de grande parte das franquias que atuam no País. O planejamento estratégico de algumas marcas, independentemente do segmento, é exatamente este: iniciar a expansão pelas capitais para posteriormente galgar espaços em municípios localizados aos redores da zona central. Trata-se de uma estratégia válida, principalmente se levarmos em consideração as novas franquias, que ingressaram há pouco tempo no mercado. Mas, e para as redes que estão há mais de 20 anos no mercado e precisam continuar crescendo? Neste caso, as capitais podem estar saturadas e não ter mais espaço para uma nova operação da mesma marca. Uma das medidas é apostar em cidades menores, fora das grandes metrópoles e que geralmente estão localizadas no litoral ou no interior do estado.

  

Mas, não basta sair atirando para todos os lados para abrir unidades a torto e direito sem uma pesquisa de mercado. Dependendo do tipo de negócio e dos formatos de lojas oferecidos, a primeira opção são cidades que contam com 100 mil a 350 mil habitantes, pois geralmente possuem comércios fortes, e demanda suficiente para girar o negócio. Nesse caso, algumas marcas criam modelos de investimentos mais econômicos, viabilizando e garantindo lucratividade para a operação. Já os modelos home-based, em que é possível trabalhar de casa, talvez também se encaixem nas cidades com apenas 50 mil habitantes. Além de uma análise do mercado, em si, é primordial verificar o perfil do consumidor, os concorrentes que atuam no mesmo segmento, o bairro mais indicado para determinado tipo de produto/serviço e os hábitos de consumo daquela determinada região. É preciso esmiuçar todos estes fatores e ter uma visão crítica para viabilizar a implantação da franquia.

 

 Fundadores da rede de franquias Mcdonald´s, os irmãos Mcdonald

A atenção é redobrada se a sua rede atua somente em shopping centers. Apesar do boom de empreendimentos desse tipo em diferentes estados brasileiros, cada um deles tem um perfil de consumidor e um mix de lojas distinto. Além disso, a inserção da rede deve ser avaliada junto às administradoras e operados de shopping centers, pois dependendo do peso da marca, o ingresso dela no empreendimento é de extrema importância, já que isso irá gerar um fluxo maior de pessoas nos corredores. Ou seja, estamos falando de um ganha-ganha para ambos os lados. Assim, essa é uma vantagem competitiva para as marcas mais consagradas em determinada cidade negociarem valores mais atrativos para inaugurar uma unidade no município em questão.

 

Pensando em um plano de expansão extenso e que não foque apenas as regiões centrais, é essencial que as redes formulem diferentes formatos de negócios, pois isso abre um leque de oportunidades para atuar em cidades das mais diversas, desde as maiores as menos populosas. Se você conta com apenas um tipo de modelo, a adaptação é possível, porém também será mais trabalhosa. É por este motivo que as franquias investem em lojas padrões, modelos express que, geralmente, contam com a operação e o espaço reduzido, quiosques, trucks, bikes e até mesmo com o formato de venda direta, no caso de produtos, em que o franqueado visita seus clientes de porta em porta com um mini mostruário.

 

A gama de opções não para por aí. Além dos famosos shopping centers que atraem um alto volume de clientes, há pontos estratégicos nas ruas, em galerias, centros comerciais, condomínios residenciais e comerciais, aeroportos e estações de trem e metrô. Outro conceito bem aceito para abrir uma loja é o store-in-store, em que as unidades são implantadas em supermercados, postos de gasolina, academias, hospitais, entre outros. Há oportunidades e estratégias para as franquias no Brasil, além de um País imenso a ser desbravado. Agora, basta efetuar um planejamento estratégico bem estruturado e expandir do Oiapoque ao Chuí.

 

       Novas marcas da franquia Mcdonald´s

Sobre Alex Quezada:

Alex Quezada é um profissional com grande experiência em Franchising, com mais de 15 anos no segmento. Atuou em grandes marcas, como: Colchões Ortobom, Microlins, Smartz School e Wizard (Pearson Education). É formado em Tecnologia da Informação e tem MBA em Gestão Empresarial. Alex atua como diretor de expansão e novos negócios da 5àsec, colaborando com o planejamento estratégico da empresa, desenvolvimento de metas e, principalmente, a expansão da rede no Brasil.

 

 

Mais informações sobre a 5àsec:
www.5asec.com.br
Instagram: @5asecBr
Facebook/5aSecBrasil 

 

Informações para a Imprensa:
DFREIRE Comunicação e Negócios
Tel.: (11) 5105-7171 – www.dfreire.com.br
Marcela Baptista – marcela@dfreire.com.br
Patricia Trindade – atendimento1@dfreire.com.br

Debora Freire – debora@dfreire.com.br


  

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

Encontre a melhor franquia para você