Franquia x Franqueado: relação positiva na pandemia

Relação franquia x franqueado estreita e acende luz no fim do túnel para empresários

 

Relação franquia x franqueado estreita e acende luz no fim do túnel para empresários

 

A pandemia covid-19 trouxe à tona uma realidade dura para empresários dos mais diversos setores: a falta de incentivo do governo. Para sobreviver em meio à crise, cada um precisa buscar alternativas e soluções que os mantenham “vivos” para estarem firmes para a retomada. Não precisa dizer que esse retorno é lento e gradativo. Nesse cenário, uma fatia de empreendedores recebeu um apoio que veio de uma relação que ainda não foi abordada em meio a toda essa situação: franquia e franqueado.

 

A exemplo disso está a rede Duckbill Cookies & Coffee, uma franquia que tem se consolidado pelo Brasil mesmo em meio à pandemia. E não precisou passar semanas para que atitudes emergenciais fossem tomadas. “Já nos primeiros dias em que vimos tudo acontecer, percebemos que precisávamos nos reinventar e se modelar mediante o cenário que estava por vir. Imediatamente traçamos um plano de crise e adotamos medidas diretas para dar aporte aos nossos franqueados”, explica Marcos Cazella, gerente nacional de operações. Uma das primeiras ações tomadas foi a diminuição significativa dos royalties (remuneração periódica para uso do sistema, marca ou serviço de uma franquia). “Colocamos quase 80% de desconto na taxa mensal, também negociamos com fornecedores que diminuíram seus valores e aumentaram prazos para pagamentos com números igualmente expressivos, como redução de até 24% nos insumos e outros produtos comercializados nas lojas”, conta ele.

 

O resultado disso é o fôlego que todos os empresários estão precisando nesse momento. “Receber esse apoio e ter esse canal direto com a franquia realmente ajudou a nos manter. Obviamente nosso faturamento caiu, chegando a ter até 34% de queda no pior mês da pandemia. Porém, com esse suporte da franquia, conseguimos nos manter em funcionamento com fluxo de caixa suficiente. Além disso, ajustamos atendimento e serviço frente a cada novo ajuste de decreto que ora nos permitia abrir, ora nos condicionou a somente atender delivery e take away, enfim, vamos nos adaptando a cada fase da pandemia, preservando nossa equipe e os clientes”, explica o franqueado Gustavo Miyake, sócio-proprietário da unidade Juvevê, juntamente com Jean Queji.

 

Dessa forma o relacionamento franquia x franqueado tornou-se bastante estreita. “Percebemos que precisávamos estar bem mais próximos do que o habitual, então, passamos a promover encontros virtuais entre nossa direção e franqueados para antes de tudo fortalecer os empresários a seguir nesse cenário e também para orientar a como usar a rede social a seu favor e como implementar protocolo de segurança orientado pela OMS, onde economizar, e outras pautas sempre com o intuito de fazê-los manter o mindset o mais positivo possível”, conclui Cazella.

 

Expansão em meio à crise

A Rede Duckbill Cookies & Coffee vem se espalhando pelo Brasil em alta velocidade, que obviamente foi barrada pelo radar do novo coronavírus. Hoje existem 83 lojas espalhadas por todos os Estados, a previsão para 2020 era chegar a 120 unidades. Essa perspectiva foi atualizada para a marca de até 100 operações. A última inauguração aconteceu em junho deste ano, no ponto alto da pandemia. “A mais recente unidade abriu em Lajes (SC), mas estamos com unidades 100% paradas até hoje, muitas delas principalmente em shoppings. Por outro lado, há lojas já em retomada como é o caso das unidades em cidades como Goiânia e São José do Rio Preto”, explica Cazella.

 

Sobre a rede

A rede nasceu em Franca em 2018, no interior de São Paulo, depois de empresários conhecerem diversos players com operações de sucesso em Nova York, cidade berço de cookies inigualáveis. Depois de desenhada a primeira operação inspirada no formato, receita e sabores nova-iorquinos.

 

Em Curitiba

Atualmente há quatro lojas na cidade, todas de diferentes empresários, localizadas no São Lourenço, Centro, Bigorrilho e Juvevê. O diferencial da marca são os cookies elaborados artesanalmente sem aromatizantes e sem conservantes artificiais. Dentre as opções de sabores, destacam-se o Ao Leite, Double Dark (blend de chocolate ao leite, meio amargo e cacau 100%) e o Duo (massa negra com chips de chocolate ao leite e branco). Chama a atenção o cookie servido como um sanduíche, recheado de creme de avelã ou doce de leite (R$ 12,50 a R$ 13,50). Para acompanhar, o cliente pode escolher entre os deliciosos cafés expressos, preparados com café gourmet 100% Arábica de origem na região de Alta Mogiana (R$ 5,50); ou o Drip Coffee, café coado feito na hora pelo cliente (R$ 6,50) e mais de sete opções capuccinos quentes e gelados (entre R$ 10 e R$ 16). Além dos cookies, o cardápio oferece salgados, pão tostado, pão de queijo e outras iguarias. Todas as novidades e demais informações são postadas no Instagram, em @duckbill.curitiba.bigorrilho, @duckbill.curitiba.centro, @duckbill.juveve, duckbill.saolourenco.curitiba

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

Encontre a melhor franquia para você