Com três anos de vida, franquia de saúde atinge 49 unidades e receita de R$ 91 milhões

Rede de clínicas odontológicas Oral Unic nasceu com conceito premium para se diferenciar no mercado

Com o maior tíquete médio por paciente do setor de franquias odontológicas -- R$ 6 mil -- e o maior faturamento médio mensal por unidade -- R$ 400 mil -, a Oral Unic vem se destacando no segmento. Fundada em 2016 pelo dentista Nadim Farid Nicolau Neto, a rede de franquias tem hoje 49 unidades abertas em dez estados do Brasil, e até o fim do ano serão 60 clínicas em funcionamento. No total, já são 91 unidades vendidas, e a cada mês quatro novas unidades são inauguradas em média.

O faturamento da Oral Unic também cresce a passos largos. Em 2018, a rede chegou a uma receita de R$ 91 milhões, e a expectativa é encerrar 2019 com R$ 215 milhões de faturamento.

 O bom resultado alcançado pela Oral Unic é consequência de uma oportunidade de negócio detectada por Nadim no setor de serviços odontológicos, que movimenta R$ 14 bilhões por ano no país.

Enquanto surgiam, no Brasil, diversas clínicas odontológicas com atendimento popular, ele teve a ideia de lançar uma rede de franquias que se diferenciasse de tudo o que já existia. Assim, a Oral Unic nasceu com um conceito premium, para atender clientes das classes C e B com a mais moderna tecnologia do mercado e serviços de qualidade. “Ficamos oito meses estudando o segmento para descobrir como poderíamos ser diferentes do que já existia no mercado odontológico”, explica Nadim.

Montar uma unidade da Oral Unic requer investimento de R$ 950 mil e um espaço de cerca de 400 metros quadrados. Cerca de R$ 200 mil vão somente para a compra de equipamentos odontológicos, incluindo um de raio-x panorâmico, que normalmente só é encontrado em laboratórios. “É um equipamento de R$ 90 mil e todas as nossas clínicas têm.” Além disso, as unidades têm salas pré e pós-operatório e um centro cirúrgico completo, com desfibrilador e monitor cardíaco. “Optamos por trabalhar com os melhores produtos do mercado.”

Com esse posicionamento, a Oral Unic oferece todos os serviços odontológicos aos seus pacientes, desde uma limpeza até as modernas lentes de contato dental. O carro-chefe, hoje, são os implantes, que respondem por 70% do faturamento das unidades. Os serviços podem ser parcelados pelo cliente em até 20 parcelas, dependendo do valor do tratamento.

Em função de seu crescimento acelerado, a Oral Unic foi selecionada, em 2019, para participar do programa ScaleUp da Endeavor, uma organização global de apoio ao empreendedorismo. Foram 12 empresas selecionadas entre 150 inscritas. Agora, a Oral Unic vai receber mentoria para escalar o negócio mais rapidamente.

Perfil do franqueado

No modelo desenhado pela Oral Unic, um dos sócios da operação precisa ser dentista. Ao entrar para a rede, o novo franqueado passa por um treinamento de imersão de três dias em Itajaí, onde fica a sede da franqueadora. Cada unidade emprega de 13 a 20 pessoas entre colaboradores diretos e indiretos.
Um dos diferenciais da rede para o franqueado é que a taxa de royalties é cobrada sobre o faturamento “base caixa”. Isso significa que se a unidade vendeu um serviço parcelado, os royalties só serão cobrados em cima da receita que efetivamente entrar no caixa da operação no mês.

Sobre a franquia Oral Unic

Rede de franquias de clínicas odontológicas premium fundada em 2016 pelo dentista Nadim Farid Nicolau Neto. Em 2019, tem 49 unidades abertas e até o final do ano serão 60. O faturamento da rede chegou a R$ 91 milhões em 2018.

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos

 

Fonte: Assessoria - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você